19 de abril de 2012

Estou em desespero. Deus vai me mandar para o inferno?

Caro Pastor,


Sou cristã, casada há 3 anos. No entanto, adulterei.
Deus abriu meus olhos e enxerguei que era uma cilada do inimigo.
Conversei com ele e propusemos que confessássemos nosso pecado a Deus e nos arrependêssemos.
Tenho certeza que fui perdoada por Deus. 
Mas, um ano depois, meu marido e eu resolvemos mudar de Estado e quando chegamos nesse novo lugar um amigo do meu marido contou a ele sobre boatos que surgiram em nossa antiga cidade. Meu marido ficou transtornado, queria voltar na mesma hora para resolver o caso.
Eu menti e disse para ele que era mentira, ele disse que acreditava em mim e que  se eu tivesse traído-o, me perdoaria. Eu novamente neguei e continuei negando.  
Agora fico na dúvida, se devo confessar a verdade para ele. Não sei o que pode acontecer, porque ele disse que assim que voltarmos para ver a família vai tirar a historia a limpo.
Eu conversei com ele e propus vivermos em harmonia e esquecermos essa historia.
Hoje, ele está me tratando bem e não toca mais no assunto, mas eu já tive vontade de morrer. Já pedi a Deus para que Ele me perdoe e me leve desta terra, não quero mais conviver com isso.
O que eu faço pastor? Será que vou para o inferno por não ter dito a verdade? Preciso dizer a verdade mesmo sabendo que ele vai fazer uma besteira? Me ajude pelo amor de Deus.



Caríssima irmã,

Percebo o desespero que uma consciência cheia de culpa pode fazer.
Compreenda em primeiro lugar que o pecado, mesmo depois de perdoado deixa consequências, sequelas.

Veja que o que a Palavra de Deus diz se cumpre na vida da irmã:

"Um abismo chama outro abismo, ao ruído das tuas catadupas; todas as tuas ondas e as tuas vagas têm passado sobre mim." Sl 42.7 



E se é verdade que isto está se cumprindo na vida da irmã, então o que apóstolo Tiago escreveu em Tg 5.16, também se cumprirá na sua vida:
 "Confessai, portanto, os vossos pecados uns aos outros, e orai uns pelos outros, para serdes curados. A súplica de um justo pode muito na sua atuação."


A solução bíblica é esta: 1 João 1.6-9

"Se afirmarmos que temos comunhão com ele, mas andamos nas trevas, mentimos e não praticamos a verdade.  Se, porém, andamos na luz, como ele está na luz, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado. Se afirmarmos que estamos sem pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e a verdade não está em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça."

Quanto ao seu marido fazer uma besteira, se ele tem Cristo na vida e conhece a Palavra de Deus, perdoará. Não precisará fazer qualquer besteira.

Veja outras respostas que dei nos casos de adultério:

Glória a Deus! Há solução para você!

Paz!

Márcio Melânia


0 comentários: on "Estou em desespero. Deus vai me mandar para o inferno?"