5 de junho de 2009

Tatoos e Piercing

Oi meu amado Irmão!
Graça e paz
Eu tenho uma dúvida.
Em Levítico 19.28: “ .... Pelos mortos não ferireis a vossa carne; nem fareis marca nenhuma sobre vós. Eu sou o SENHOR.  
Essa parte destacada está se referindo a tatuagem?


Obrigada



Marilane Miranda



Minha querida irmã Marilane,


Esta proibição de fazer cortes e marcas sobre o corpo se destinava, na verdade, a evitar toda contaminação possível com um rito pagão cananeu de fazer incisões e marcas no próprio corpo em honra a Baal, o deus cananeu da fertilidade. Então, esse mandamento foi ordenado para evitar que o povo judeu se contaminasse com qualquer rito pagão dos seus vizinhos cananeus.
Em relação ao uso de brincos e piercings, a bíblia nos mostra que as mulheres israelitas usavam piercing. Em Isaías 3.21, lemos: "os sinetes e as jóias pendentes do nariz...". Esse versículo reflete o costume da época de perfurar um lado da narina para colocar nela um brinco (comentário da Bíblia de Estudo Almeida). No contexto desse versículo, Deus está repreendendo as filhas de Sião, dizendo que irá retirar delas todos os seus adornos, "visto que são altivas as filhas de Sião e andam de pescoço emproado, de olhares impudentes..." (Isaías 3.16). O problema, na verdade, não são os adornos, mas o caráter das filhas de Sião. Vemos então que o piercing era um costume das mulheres de Israel e que NUNCA foi repreendido pelo Senhor, pois nesse contexto o que é repreendido é o caráter das filhas de Sião. Se o próprio Deus não repreendeu esse costume, então quem o irá?
Antes de tomarmos qualquer decisão, não só relativa a piercing e tatuagem, mas a qualquer outra área relacionada à nossa vida, devemos levar em conta os princípios gerais da Palavra que regem nosso proceder:


01. Nós estamos neste mundo, mas não fazemos parte dele:
João 17.14-17: Eu lhes tenho dado a tua palavra, e o mundo os odiou, porque eles não são do mundo, como também eu não sou. Não peço que os tires do mundo, e sim que os guardes do mal. Eles não são do mundo, como também eu não sou. Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade
1João 5.19: Sabemos que somos de Deus e que o mundo inteiro jaz no Maligno
João 14.30: Já não falarei muito convosco, porque aí vem o príncipe do mundo; e ele nada tem em mim.
A palavra “mundo” descrita nessas passagens, no grego, é “Kosmos”, e significa o “sistema” em que vivemos, que é regido por Satanás e que inclui filosofias, humanismo, sistemas econômicos, meios de comunicação, sensualidade, rebelião, etc. Essa palavra significa tudo o que satanás usa para incutir no homem valores e padrões que não são os de Deus.
02. Não podemos nos “conformar” com os valores deste mundo:
Romanos 12.2: E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.
Conformar: No grego é “SCHEMA” e significa: “Ser moldado segundo um padrão”, ou “ser moldado de conformidade com, mediante alguma influência ou poder exterior”. Ex: Cunhagem de uma moeda. Mundo ou Século - No grego é a palavra “AEON”, e significa “uma era ou época, envolvendo tudo o que caracteriza um determinado período de tempo” (sistema de valores, padrões de comportamento, conhecimento, tecnologia, etc.).
Transformai-vos: No grego é “METAMORFOO”, de onde vem a palavra “metamorfose” e significa “mudança de natureza ou transformação de dentro para fora”. É importante que nos lembremos de que a estratégia de Satanás é sempre a mesma: Fornecer “alternativas” à verdade tão semelhantes a ela, que suas diferenças são quase imperceptíveis.
03. A nossa vida precisa ser um padrão:
1 Timóteo 4.12: Ninguém despreze a tua mocidade; pelo contrário, torna-te padrão dos fiéis, na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza
Mateus 5.13-16: Vós sois o sal da terra; ora, se o sal vier a ser insípido, como lhe restaurar o sabor? Para nada mais presta senão para, lançado fora, ser pisado pelos homens.
Padrão - No grego é “TUPOS” ou “TIPOS”, e significa “uma impressão visível, uma cópia, uma imagem, um modelo”. É a palavra que deu origem a palavra “tipografia”, que significa “uma impressão causada por um golpe”. Deus nos chama para sermos indivíduos que causam as marcas de Cristo nas pessoas com quem nos relacionamos.
04. Sempre haverá uma “tensão” necessária entre os padrões do mundo e os de Deus:
Isaías 5.20,21 - Ai dos que ao mal chamam bem e ao bem, mal; que fazem da escuridão, luz e da luz, escuridão; põem o amargo por doce e o doce, por amargo!Ai dos que são sábios a seus próprios olhos e prudentes em seu próprio conceito!
Cultura do Reino versus Cultura do mundo é uma tensão necessária. É importante, porém, que lembremos que há aspectos culturais que são malignos. Mas também há outros que são apenas características de uma cultura e não envolvem práticas necessariamente erradas.
05. A graça de Deus tem os seus limites:
Como tudo na vida tem limites, não nos esqueçamos também de observar que Deus estabelece limites para nós que vão nos abençoar. É necessário que oremos sempre sobre as passagens abaixo para obtermos sabedoria de Deus e decidirmos o que é certo e errado.
1Corítios 6.12: Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas.
1Coríntios 10.23: Todas as coisas são lícitas, mas nem todas convêm; todas são lícitas, mas nem todas edificam.
Gálatas 5.13: Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade; porém não useis da liberdade para dar ocasião à carne.
Filipenses 4.5: Seja a vossa moderação conhecida de todos os homens. Perto está o Senhor.
Nos comentários das Bíblias de Estudo de Genebra e Plenitude, apenas relatam o fato de não marcarem o corpo com mutilações por causa dos mortos, não referindo diretamente à prática de Tatuagem.
Contudo observando historicamente as práticas de outras nações, o povo de Israel é advertido a não praticar tais atos para que não fossem confundidos, e por tais atos estarem diretamente ligados à idolatria e à prostituição.
No âmbito geral da situação, percebemos que isso era uma prática cultural, não transcendendo, em alguns casos, aos dias de hoje.
É importante lembrar, que não devemos ser escândalo para nossos irmãos: Romanos 14.13: “Portanto não nos julguemos mais uns aos outros; antes o seja o vosso propósito não pôr tropeço ou escândalo ao vosso irmão”. 2Corítios 6.3: “… não dando nós nenhum motivo de escândalo em coisa alguma, para que o nosso ministério não seja censurado”.
A prática da tatuagem nos dias de hoje tem sido uma forma de expressão por parte de muitos jovens. Ao contrário dos tempos em que Israel foi advertido, a tatuagem hoje tem um sentido bem diferente. Isso não isenta algumas culturas de praticarem o ato como forma de idolatria, mas no Brasil o sentido tem sido apenas uma forma de expressão.
Apenas um pequeno comentário acerca de um erro de exegese ocorrido por quem defende o uso de tatuagens, mostrando assim que uma tradução mal feita do texto da margem para erros de ambas as partes:
Apocalipse 19.16: “No manto, sobre a sua coxa tem escrito o nome: Rei dos reis e Senhor dos senhores.”
Em algumas versões, o termo “escrito o nome” é trocado por tatuado.


Vamos quebrar a frase:
Sintaticamente, temos o seguinte:
- Sujeito da Frase: Coxa
- Objeto Direto da Frase: Nome
- Vocativo referente ao sujeito: no manto
Por definição temos que vocativo é:
“…É uma referência à 2ª pessoa, um apelo, um chamado, e é usado para o nome que identifica a pessoa (animal, objeto etc.) a quem se dirige e/ou ocasionalmente os determinantes de tal nome. Uma expressão vocativa é uma expressão de referência direta, em que a identidade da parte a quem se fala é expressamente declarada dentro de uma oração…” (retirado do Wikipedia)
Portanto, o que quer dizer na frase não é que o nome esteja tatuado na coxa, mas sim escrito no manto na altura da coxa.
Vamos ao original em Latim:
19:16 - et habet in vestimento et in femore suo scriptum rex regum et Dominus dominantium.
Ressalto que o verbo empregado é SCRIPTUM, ou seja, escrito!!! Para que seja tatuado, o verbo a ser utilizado deveria ser PINGERE, ou seja:
19:16 - et habet in vestimento et in femore suo pingerum rex regum et Dominus dominantium.
Em Grego temos:
19:16 - kai ecei epi to imation kai epi ton mhron autou to onoma graphammenon basileuV basilewn kai kurioV kuriwn.
O verbo “escrever” em grego é: graphon; já o verbo “tatuar” em grego é: prosanagrapheia.


Meu comentário pessoal e crítico sobre o assunto é que a tatuagem não impede a pessoa de ter um relacionamento intimo com o Senhor, porém devem-se observar alguns pontos antes de se fazer uma tatuagem. Devemos antes de tudo preservar a santidade, no que se diz respeito ao corpo e o fato de que podemos estar servindo de motivo de escândalo e zombaria de outrem.


Todas as palavras acima também são cabíveis ao uso de body piercing, cirurgias plásticas, lipoaspirações e qualquer tipo de dilaceração do corpo que não seja necessário à saúde. Sendo assim, toda forma de dilaceração que não há envolvimento com os rituais pagãos não se encaixam em Levítico 19.28, texto esse que muitos tomam como base para proibirem a tatuagem. 

Márcio Melânia

0 comentários: on "Tatoos e Piercing"